segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Bem-vindo à minha vida

Já te sentistes a explodir?
Fora de lugar?
Como se não fosses daqui
E ninguém te entendesse?
Já quiseste fugir?
Trancaste no teu quarto?
Com a música ligada
Bem alta, capaz de abafar o teu choro
Para ninguém te ouvir gritar
Não sabes…
Quando nada aparece bem
Não sabes como é
Ser como eu!
Ser magoado, perderes-te
Ser abandonado na escuridão
Deitar-te no chão frio
Não ter ninguém para te salvar
Não sabes como é
Bem vindo à minha vida
Queres ser outra pessoa?
Estás cansado de ser posto de lado?
Estás desesperado?
Queres que a vida acabe?
Estás preso em algo que odeias?
Estás cansado de tudo e de todos?
Com mentiras, e sorrisos falsos
Enquanto tu estás abandonado?
Não, não sabes como é ser como eu!
Deves pensar que sou feliz,
Mas eu não vou ficar bem!
Sempre tiveste tudo,
Não precisaste de trabalhar
Bem vindo à minha vida.!

Reacções:

0 Rabiscos:

Enviar um comentário