quinta-feira, 29 de março de 2012

Resenha: Crepúsculo de Stephenie Meyer


“Crepúsculo poderia ser como qualquer outra história não fosse um elemento irresistível: o objecto da paixão da protagonista é um vampiro. Assim, soma-se à paixão um perigo sobrenatural temperado com muito suspense, e o resultado é uma leitura de tirar o fôlego - um romance repleto das angústias e incertezas da juventude - o arrebatamento, a atracão, a ansiedade que antecede cada palavra, cada gesto, e todos os medos. Isabella Swan chega à nublada e chuvosa cidadezinha de Forks - último lugar onde gostaria de viver. Tenta se adaptar à vida provinciana na qual aparentemente todos se conhecem, lidar com sua constrangedora falta de coordenação motora e se habituar a morar com um pai com quem nunca conviveu. Em seu destino está Edward Cullen. Ele é lindo, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Bella o que provoca nela uma inquietação desconcertante. Ela se apaixona. Ele, no melhor estilo "amor proibido", alerta: Sou um risco para ti. Ela é uma garota incomum. Ele é um vampiro. Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca. Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela. Em meio a descobertas e sobressaltos, Edward é, sim, perigoso: um perigo que qualquer mulher escolheria correr.”

Quase todos conhecem este fenómeno literário, nem que seja só pela adaptação ao cinema. A verdade é que desde que a Saga Twilight veio ao mundo, os vampiros tiveram um novo renascimento, uns dos livros mais vendidos entre os jovens são os que tem vampiros. Eu conheci este livro em Agosto de 2008,ou seja, muito antes de este ser adaptado a filme e virar um fenómeno mundial. 

Este livro é o típico livro para uma adolescente que sonha por um romance de outro mundo, uma adolescente romântica, sim, eu sou uma dessas adolescentes, e talvez seja essa o motivo pelo qual me apaixonei e agarrei tanto por este livro quando comecei a lê-lo.

Um aspecto importante é que todos os livros são escritos na primeira pessoa, o que na minha opinião os sentimentos da personagem principal (Bella) são facilmente captados pelo leitor. Bella é apresentada como uma típica adolescente, os pais separaram-se, a mãe arranja outro companheiro, o pai vive numa remota e chuvosa cidade chamada Forks. Bella resolve ir viver com o pai durante um tempo para que a sua mãe acompanhe o seu novo namorado nos treinos de basebol. Daqui nada de novo. O problema é quando Bella se sente atraída por um rapaz de sua nova escola, Edward Cullen, o rapaz mais excêntrico da escola. Quando ela descobre que ele é um vampiro, aí sim começa o grande drama.

Edward é o elemento essencial que faz com que Bella aceite ficar em Forks e que se adapte naquela lugar que ela inicialmente odiava, Bella diz no livro que odeia tudo o que seja húmido, chuvoso e frio, o aspecto muito curioso já que os vampiros são frios e ela acabava por se apaixonar por um!

Edward é nos apresentado como o rapaz mais lindo do mundo. Na minha opinião, todas as adolescentes que leram o livro, queriam um Edward só para elas! Ele é diferente, misterioso, enigmático, porém bastante belo e irresistível. Ele imediatamente desperta em Bella seus medos e desejos mais profundos e desconhecidos, um desassossego que ela não consegue explicar. Quando ela descobre o que Edward é realmente, Bella aceita com uma naturalidade paranormal. 

Aspectos que deixaram algumas pessoas perplexas era o quanto diferentes eram estes vampiros. Todos conhecemos os típicos vampiros que morrem queimados pela luz do sol, bebem sangue humano, dormem em caixões,entre outros. Na Saga Twilight, os vampiros também bebem sangue humano, mas a família Cullen não queriam ser uns “monstros” e alimentam-se de sangue de animais. Por isso é que toda a família Cullen tem os olhos de uma cor âmbar e os outros vampiros apresentados têm os olhos vermelhos. Para as pessoas que são mais tradicionais, não aceitaram muito bem que estes vampiros, em vez de serem queimados à luz do sol, brilhem! Sim, eles brilham à luz do sol! Stephenie Meyer diz no livro que é como se a pele tivesse revestida com pequenos diamantes por todo o corpo. Estes novos vampiros também não dormem em caixões, estes não dormem de todo! O cenário de Forks só ajuda ao mistério e ao sobrenatural, com a neblina e chuva constante. 

Uma personagem que não tem grande destaque neste livro, mas que nos outros passa a ser uma das principais, é o Jacob. Este é um rapaz com 16 anos mas que apresenta um físico de um rapaz de 18 anos. Jacob é um velho amigo de Bella de quando ela vinha visitar o pai em Forks, eles brincavam bastante mas quando Bella se ausenta de Forks durante muitos anos, aquela amizade começa a perder a sua chama. É de imediato que o leitor percebe que Jacob sente uma certa atração por Bella ou talvez algo mais, mas a personagem não é aprofundada, neste primeiro livro. 

Este livro já ganhou vários prémios, entre eles o Top 10 Livros para Jovens Adultos, da American Library Association. No ano de 2009, o enredo foi adaptado às telas do cinema, dirigido por Catherine Hardwicke e protagonizado por Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner.


Reacções:

0 Rabiscos:

Enviar um comentário