quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Apenas dois segundos


Não estava nos meus planos colidir-me contigo ou olhar nos olhos de um estranho e sentir que tinha encontrado a peça que falta no puzzle da minha vida. Não é meu costume conversar por tanto tempo com quem eu mal sei o nome. Não foi de mim, ao olhar para os teus lindos lábios que pintavam palavras soltar no ar, esquecer o mundo e quem estava ao meu arredor.
Na realidade, por mais voltas que dê à minha cabeça e ao meu coração, eu não consigo decifrar  o que aconteceu naquele momento, naqueles minutos mágicos, e muito menos o que tu fizeste aparecer à frente do meu caminho, assim do meio do nada, só para me fazer sentir o que eu jurava acreditar não existir mais.
Estou com alguns sintomas de amor, com o teu sorriso e os teus formosos olhos gravados na minha memória e é a tua voz que me sussurra aos ouvidos para eu dormir todas as noites.
Quis a ironia do destino que nos juntássemos naquela noite e que em apenas dois segundos já tinhas capturado o meu coração. 


Reacções:

0 Rabiscos:

Enviar um comentário