quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Um pequeno instante


À uns anos atrás, eu costumava pensar e achar que não era forte o suficiente, tinha muito medo de realmente me apaixonar algum dia. Naquele dia, algo me disse que poderia deixar-me ir contigo, e foi assim que tomei uma decisão, para dar uma oportunidade aos sentimentos. Lembro-me com um sorriso nos lábios o dia em que nos conhecemos, lembro-me que estava nervosa pois ainda não te conhecia. E assim, aproximei-me de ti, eu já sentia que aquele momento seria algo de especial, eu precisava-o de o fazer. Agora que te dei tudo de mim, precisas de saber que sou eu e mais ninguém. Precisas de saber que as escolhas que fizemos foram reais e verdadeiras. Preciso de saber se te sentes exactamente como eu me sinto. Tens algo especial, algo que mal consigo respirar. O meu coração está a bater desejando que agora que deixei-te me ter, que, por favor, não me deixes ir. O único lugar que sinto onde pertenço esta noite, é nos teus braços, por isso, segura-me, porque quem sabe o que pode acontecer depois desta noite. Não quero pensar que estava errada antes, sobre o que encontrei, portanto, abraça-me agora.


Reacções:

0 Rabiscos:

Enviar um comentário