Crítica Literária - Na Cama com um Highlander

"A escritora é conhecida pelos seus livros eróticos, um já foi publicado em Portugal (Obsessão) e o segundo já vem aí (Submissa), mas este livro apresenta uma atmosférica mais romântica, uma escrita leve com cenas engraçadas, divertidas e por vezes até sensuais. "

Crítica Literária - Pecados Escondidos

"Julianne foi uma personagem que me cativou bastante pelo facto de não ser uma rapariga mimada e cabeça de vento (muito costume na época), mas sim uma jovem bastante humilde e que chega a pensar primeiros nos outros e depois nela própria. "

Crítica Literária - O Beijo Encantado

"Para a época em que o livro se passa, os diálogos têm um q.b de texto moderno, mas que torna o livro apetitoso e rápido. "

Crítica Literária - Inocência perdida

Nora Roberts volta a surpreender-me, voltando a enganar-me. Pensei que pela primeira vez tinha descoberto quem era o vilão da história mas nas últimas páginas houve uma reviravolta que me fez ficar de queixo caído, literalmente!

Crítica literária - Rosa Selvagem

"No início do livro, a autora acaba por desenvolver o tema de diferenças de classes mas acaba por ir diminuindo essas referências, o que acabou por haver um ambiente de "mundo cor-de-rosa" em vez de um mundo realista. "

terça-feira, 30 de abril de 2013

Rubrica: Dia da Poesia [4]






Como ontem foi o Dia da Dança, o Dia da Poesia vai ser dedicado a essa arte, que apaixona e emociona tanta gente.


A dança e a alma

A dança? Não é movimento
súbito gesto musical
É concentração,num momento,
da humana graça natural

No solo não,no éter pairamos,
nele amaríamos ficar.
A dança-não vento nos ramos
seiva,força,perene estar
um estar entre céu e chão,
novo domínio conquistado,
onde busque nossa paixão
libertar-se por todo lado...

Onde a alma possa descrever
suas mais divinas parábolas
sem fugir a forma do ser
por sobre o mistério das fábulas
Carlos Drummond de Andrade


Poesia da Dança

Dançar ensina,
Dançar contagia,
Dança tanto menino quanto menina.

Ela não é apenas uma arte,
É também uma paixão,

Nasce apenas com alguns,
De um jeito sem explicação.

Contemporâneo, jazz, balé,
Quem dança pode fazer mágica com seu pé,
Dança de rua, do ventre ou de salão,
Há pessoas que não usam o corpo,
E sim o coração.

Para dançar não existe raça, cor ou idade,
Quem gosta de dançar tem o dom, de verdade.

Nenhum de nós vive eternamente,
Mas a dança sim,
Seu amor e sua arte,
São para sempre.
Nathalia Maynart Cadó

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Aqusições Abril [3]

E estes são os últimos livros a chegar para o mês da Abril! Neste mês foram 12 livros que foram adicionados na minha biblioteca! Se isto continuar assim, vou ficar sem espaço na estante!

A "Vertigem da Paixão" + "Antes de te esquecer" vieram da Fnac, aproveitei as ofertas exclusivas! E adquiri também "A Missão de Az Gabrielson".



Por último mas não menos importante, finalmente consegui um livro que queria há muitoooo *.* "Diz-me quem és" de J.R. Ward! Vou ler mal acabe a Trilogia da Herança.



Outras aquisições de Abril:

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Novo livro de Beth Kery: Quando Estou Contigo

Quando Estou Contigo

Autora: Beth Kery
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 384
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896375249
Nas livrarias no dia 10 de Maio.

Sinopse
Lucien Lenault é um herdeiro autoexilado de uma família abastada. Decidido a triunfar sozinho, tornou-se um restauranteur famoso da elite gastronómica de Chicago. O primeiro olhar que lança à arrebatadora chef estagiária que contratou para o seu restaurante deixa-o chocado. Ela é Elise Martin, filha de um abastado estilista francês. Mas ela é também detentora de um segredo que poderá fazer explodir os seus planos cuidadosamente elaborados. Famosa pelo seu flagrante exibicionismo e por insultar a respeitável fachada dos seus antecedentes aristocráticos, a veia selvagem da pequena coquine deixaria quase toda a gente chocada. Mas não Lucien. Para ele é uma tentação. Ela é uma catástrofe iminente, um inferno onde muitos amantes já arderam. Mas Lucien não é um homem qualquer e não se vai deixar manipular. Para controlar a desafiadora beleza de Elise - a fim de a ver submeter-se - ele terá de voluntariamente caminhar para as chamas… Elise prova ser tão fogosa e sexualmente temível que Lucien se interroga se ela se poderá alguma vez submeter a ele. À medida que ambos se afundam numa perigosa dança sexual, Lucien interroga-se se estará a perder o rumo ou se ela se entregará a ele…

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Crítica Literária - "Sem Pecados na Culpa" de Ana Macedo

Sem pecados na culpa é um livro forte e complexo no modo como visualiza situações bem próximas das realidades das famílias contemporâneas, mas também deixa antever a fragilidade, a instabilidade, a insegurança, o desequilíbrio afectivo, o refúgio em si próprio e no mundo imaginário da personagem principal.

Neste livro é apresentado a história de João, um jovem de 15 anos, que vai viver para Londres e todo o seu processo de adaptação. Nesse novo país ele divide a sua vida entre as suas histórias, mais concretamente as suas bandas-desenhadas, e a sua namorada Aimee. 

O leitor consegue deduzir que esta relação não é algo normal, que parece ser algo como um sonho por causa de toda a irrealidade que acontece. E de facto, não é real porque essa rapariga só existe na imaginação de João. Acabamos por descobrir que João tem um problema psicológico, que nunca é especificado e mistura a realidade com a ficção dos seus desenhos.

A personagem principal é fruto de um casamento sem amor, é um rapaz carente que aparenta ser forte e agressivo mas é afinal frágil e sensível. Para mim, acaba por ser uma criança num corpo de um Homem, que ânsia desesperadamente por amor e carinho. O livro retrata as relações interpessoais, toda a dimensão do ser humano e a sua complexidade. 

A obra está escrita na forma que se aproxima de um diário ou de uma cara que é destinada ao próprio leitor, quase sempre na perspectiva do João apesar de haver uma ou duas passagens na perspectiva de outra personagem.

É uma história que nos faz reflectir sobre várias questões, desde amizade, o amor, traição, o que é real e o que é fictício, somos arrebatados com vários temas de uma dimensão extraordinária  O próprio título acaba por ser controverso, quase como um paradoxo. Um livro que vale a pena ler e que se entranha na nossa mente.


Novo livro da Saga das Pedras Mágicas está quase a chegar!

Sombras da Noite Branca

A Saga das Pedras Mágicas - Livro VIII
Autora: Sandra Carvalho
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 560
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722350549
Coleção: Via Láctea

Nas livrarias no dia 7 de Maio


Sinopse
O momento de todas as decisões aproxima-se. Halvard, o Filho do Dragão, espera ansiosamente a chegada da Noite Branca para assimilar o Conhecimento Absoluto e tornar-se um deus na Terra. Quase todos os seus inimigos foram destruídos; apenas o rei Ivarr do povo viquingue, os Guardiães das Lágrimas do Sol e da Lua e os Sacerdotes dos Penhascos ainda resistem. Entretanto, a guerreira Kelda da Montanha Sagrada treinou com afinco sob a orientação do feiticeiro Sigarr e está pronta para se tornar mestra da Arte Obscura. Apesar de saber que a celebração desse ritual irá extinguir a luz da sua essência, ela persiste, pois acredita que só assim poderá deter o avanço sanguinário do irmão gémeo. Todavia, a revelação de que o seu destino é concretizar a profecia e não contrariá-la poderá abalar as suas convicções. Terá Kelda a determinação e a força necessárias para cumprir a missão que a Pedra do Tempo lhe atribuiu, enquanto chora a perda do amor do príncipe da Gente Bela? Ou, sobre o Altar do Mundo, cederá ela à tentação do poder e abrirá o seu coração às sombras da Noite Branca? Sombras da Noite Branca é o oitavo volume da série de culto Saga das Pedras Mágicas, que encerra mais um capítulo desta aventura fantástica e apaixonante.

Corações Re-Partidos, uma novidade da Editora Guerra e Paz|Clube do Livro SIC

Corações Re-Partidos 
Autora: Ana Paula Almeida 
Ficção 
Dimensões: 150x230 
216 páginas 
Preço: 13,99 € 
Nas livrarias a 26 de Abril 
Editora: Guerra e Paz|Clube do Livro SIC

Sinopse 

A misteriosa morte de um taxista conduz os investigadores Cruz e Miranda a duas moradas. Diogo, o morto, deixou duas viúvas, duas casas iguais, uma vida dupla. 

Marta e Cristina são as mulheres que se vêem confrontadas com a cruel verdade: o homem que amam morreu e enganou-as uma vida inteira. Mas a alma de Diogo teima em não sossegar. Numa veloz corrida contra o tempo, Diogo tenta corrigir depois de morto o que não conseguiu em vida. E Cruz, o investigador que dá a notícia às duas mulheres, vive também um dilema semelhante, vendo na história do morto o espelho daquele que pode vir a ser o seu amargo destino. 

Juntas no luto e no amor pelo mesmo homem, Marta e Cristina lutam contra a raiva e a decepção. E Cruz, o homem que as junta, tenta avançar na encruzilhada entre a paixão e a razão. Todos, de corpo e alma, alimentam uma única esperança: deixar viver nos seus corações re-partidos o mais precioso dom da vida, o amor. 


Biografia da autora 
Ana Paula Almeida formou-se em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e foi professora do ensino secundário. Iniciou a carreira de jornalista aos 18 anos, no Diário de Notícias, tendo posteriormente trabalhado nos jornais O Jornal, Sete, Jornal de Letras, Jornal de Notícias, Correio da Manhã e A Capital, onde escreveu sobretudo sobre espectáculos e literatura. Colaborou também em diversas revistas, tais como Activa, Cosmopolitan, Egoísta, Volta ao Mundo, Maxim e Exame, entre outras. Foi, durante quatro anos, assessora de imprensa do Casino Estoril. 
Nos quadros da SIC desde o início, trabalhou nos programas Segredos, Praça Pública e Casos de Polícia, tendo depois integrado as equipas de informação diária. Actualmente faz parte da equipa dos jornais de fim-de-semana, onde acompanha temas nas áreas de sociedade e cultura. Corações Re-partidos é o seu quarto livro.

Novo livro da Editora Guerra e Paz: Guia Para 50 Personagens da Ficção Portuguesa

Guia Para 50 Personagens da Ficção Portuguesa 

Autor: Bruno Vieira Amaral
Tamanho: 15x23x1,5
Páginas: 264 páginas
Preço: 15,99 €
Género: Não Ficção/Literatura Portuguesa
Editora: Guerra e Paz
Nas livrarias a 26 de Abril

Seja bem-vindo ao jardim antropológico da ficção portuguesa, com os seus especímenes únicos e inesquecíveis. 

Sinopse:

Criadas estranguláveis e bons malandros, cabeleireiras ambiciosas e escritores inseguros, heterónimos ressuscitados e professores suspeitos, polícias cansados e almocreves incansáveis, mulheres-anjo e mulheres-demónio, marialvas e tímidos, ex-seminaristas e assassinos profissionais, emigrantes e retornados, padres e ministras, heróis e vilões. 

Ao longo de mais de um século e meio, os melhores autores portugueses contribuíram para a riqueza e diversidade desta galeria onde não raras vezes o leitor encontrará o reflexo dos seus vizinhos e familiares, dos seus amigos e colegas de trabalho e onde não se deverá espantar por encontrar o seu próprio reflexo. Porque estas figuras compostas de papel, tinta e palavras são, afinal, pessoas como nós. 

Pela primeira vez, cinquenta das melhores e mais representativas personagens da Literatura Portuguesa dos últimos dois séculos são apresentadas num único livro. Os textos escritos por Bruno Vieira Amaral são um convite à leitura dos romances, o habitat natural de cada uma das personagens, mas também um extraordinário retrato da história e evolução de um país, Portugal. 

Histórias:
Pablo La Noche
Trabalhos e Paixões de Benito Prada
O Vale da Paixão
O Viúvo
O Retorno
O Primo Basílio
A Ministra
Mizé: Antes Galdéria do que Normal e Remediada
Gaibéus
Esteiros
Bastardos do Sol
Uma Abelha na Chuva
Mau Tempo no Canal
Equador
O Delfim
O Crime do Padre Amaro
Adeus, Princesa
Domingo à Tarde
Catarina ou o Sabor da Maçã
A Madona
Amor de Perdição
A Sala Magenta
Alexandra Alpha
A Voz dos Deuses
Peregrinação de Enmanuel Jhesus
Eurico, o Presbítero
Cão Velho entre Flores
Memorial do Convento
A Sibila
Lillias Fraser
Viagens na Minha Terra
Uma Família Inglesa
A Morgadinha dos Canaviais
Os Maias
Sinais de Fogo
A Relíquia
A Queda dum Anjo
Um Amor Feliz
Gente Feliz com Lágrimas
O Que Diz Molero
Aparição
A Confissão de Lúcio
A Amante Holandesa
Breviário das Más Inclinações
O Malhadinhas
Portugués,Guapo y Matador
Crónica dos Bons Malandros
Um Crime Capital
O Ano da Morte de Ricardo Reis
Seara de Vento
Léah

Biografia do autor

Bruno Vieira Amaral nasceu em 1978. Licenciado em História Moderna e Contemporânea, no ISCTE, trabalhou como segurança, operador de telemarketing e foi gerente de cinemas, de um posto de combustível e de um bar, sendo esta a sua formação literária. Em 2002, uma temerária incursão pela poesia valeu-lhe ser seleccionado para a Mostra Nacional de Jovens Criadores. Colaborou no DN Jovem, revista Atlântico e jornal i. Escreve actualmente na revista Ler. Amaral não é o seu apelido, mas contar a história seria penoso.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Passatempo - Sedução na Noite

E o prometido é devido! 
Com a parceria da SDE, temos o prazer de anunciar que temos um exemplar de "Sedução na noite" para oferecer! Boa Sorte a todos!


Tenham atenção às regras do passatempo!
Coloquem corretamente o email porque vai ser esta forma que vou contactar o vencedor!
Para participarem tem que preencher o questionário em baixo, preenchendo todos os campos obrigatórios. 

As respostas podem ser encontradas AQUI!



Passatempo - Amor Perfeito

Temos o primeiro passatempo para celebrar o Dia do Livro!
Com a parceria da Papiro Editora, temos o prazer de anunciar que temos um exemplar de "Amor Perfeito" para oferecer! Boa Sorte a todos!


Tenham atenção às regras do passatempo!
Coloquem corretamente o email porque vai ser esta forma que vou contactar o vencedor!
Para participarem tem que preencher o questionário em baixo, preenchendo todos os campos obrigatórios. 

As respostas podem ser encontradas AQUI!




Rubrica: Dia da Poesia [3]



Como li na semana passada "O êxtase de Gabriel" e cada vez mais adoro a história de Dante e Beatriz, e tudo o que ela envolve, deixo-vos um poema deste grande homem:

Inferno - Canto I

No meio do caminho desta vida
me vi perdido numa selva escura,
solitário, sem sol e sem saída.

Ah, como armar no ar uma figura
desta selva selvagem, dura, forte,
que, só de eu a pensar, me desfigura?

É quase tão amargo como a morte;
mas para expor o bem que encontrei,
outros dados darei da minha sorte.

Não me recordo ao certo como entrei,
tomado de uma sonolência estranha,
quando a vera vereda abandonei.

Sei que cheguei ao pé de uma montanha,
lá onde aquele vale se extinguia,
que me deixara em solidão tamanha,

e vi que o ombro do monte aparecia
vestido já dos raios do planeta
que a toda gente pela estrada guia.

Então a angústia se calou, secreta,
lá no lago do peito onde imergira
a noite que tomou minha alma inquieta;

e como náufrago, depois que aspira
o ar, abraçado à areia, redivivo,
vira-se ao mar e longamente mira,

o meu ânimo, ainda fugitivo,
voltou a contemplar aquele espaço
que nunca ultrapassou um homem vivo.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

[Rubrica] Rabiscos #1


Temos aqui a primeira participação do Rabiscos! Este texto é dedicado a todos aqueles que estão apaixonados e estão longe daquela pessoa especial. 

Neste momento não me estou a sentir muito bem, aliás eu nem sei reconhecer o meu estado. Estou feliz por faltar apenas um dia para completar o nosso primeiro mês, sendo que esta é a terceira vez que tentamos que isto resulte. O nosso destino é estar juntos, não tenho dúvidas disso, mas pergunto-me quando teremos algo que eu possa considerar normal. Gostava de te poder apresentar aos meus pais e de te convidar para o baptizado da minha irmã, sim a ti em vez de à minha melhor amiga. 

Estás longe de mim e isso custa-me tanto, saber que metade das coisas que prometemos um ao outro, ainda estão longe de acontecer. Sinto-me sozinho, sabes? Sinto-me sozinho por não poder acordar com a tua mensagem de 'Bom dia', ou de não poder estar contigo quando chega a hora de sair das aulas. Custa-me apanhar sozinho o autocarro e não poder sentar-me ao teu lado, não poder beijar-te e não poder estar sempre contigo. Eu sei que já ultrapassamos bastantes coisas e que o nosso amor está longe de acabar, mas sinto-me triste, apenas isso. Saber que a Ana vai ter com a pessoa que ela ama, amanhã e eu ainda vou ter de esperar mais, pelas tuas palavras, pelo teu olhar. 

Custa-me não poder estar ao pé de ti e não poder 'defender-te' do Diogo, ou de todos aqueles que tentam a sua sorte contigo, eu não gosto mesmo deles. Talvez isso se deva a eles poderem estar contigo todos os dias e eu não. 

Eu amo-te, só te peço que não te esqueças disso. 

Rodrigo Cotas

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Crítica Literária - O Memorial do Convento de José Saramago

«Um romance histórico inovador. Personagem principal, o Convento de Mafra. O escritor aparta-se da descrição engessada, privilegiando a caracterização de uma época. Segue o estilo: "Era uma vez um rei que fez promessas de levantar um convento em Mafra... Era uma vez a gente que construiu esse convento... Era uma vez um soldado maneta e uma mulher que tinha poderes... Era uma vez um padre que queria voar e morreu doido". Tudo, "era uma vez...". Logo a começar por "D. João, quinto do nome na tabela real, irá esta noite ao quarto de sua mulher, D. Maria Ana Josefa, que chegou há mais de dois anos da Áustria para dar infantes à coroa portuguesa a até hoje ainda não emprenhou (...). Depois, a sobressair, essa espantosa personagem, Blimunda, ao encontro de Baltasar. Milhares de léguas andou Blimundo, e o romance correu mundo, na escrita e na ópera (numa adaptação do compositor italiano Azio Corghi). Para a nossa memória ficam essas duas personagens inesquecíveis, um Sete Sóis e o outro Sete Luas, a passearem o seu amor pelo Portugal violento e inquisitorial dos tristes tempos do rei D. João V.»

(Diário de Notícias, 9 de Outubro de 1998)
Este livro foi a primeira obra que li deste autor. Ainda não tinha tido o entusiasmo de pegar num livro de Saramago e ler, mas como no secundário é uma leitura obrigatória lá me aventurei nesta história. O livro inicia-se no século XVIII com D.João V, casado com D. Ana Maria Josefa já há dois anos, mas sem nenhum herdeiro. Faz uma promessa divina que se fosse realizado aquele pedido iria construir um convento para frades franciscanos. O "milagre" acontece, a rainha fica grávida e começa-se a construção do convento.

Temos ainda um padre chamado Bartolomeu que sonha em voar e por essa razão tenta construir uma máquina voadora, do qual dá o nome passarola. Ainda existe Baltazar, um ex-soldado maneta da mão esquerda, e Blimunda, a sua mulher, dotada do poder de ver o interior das coisas, que dão vida a esta história. Eles conhecem-se num auto-de-fé em que uma das condenadas é a mãe de Blimunda e a partir desse momento, o casal fica ligado para a vida.

Acompanhamos ao longo do livro o esforço do padre, do maneta e da visionária, unidos para verem a passarola voar um dia, seguimos as peripécias e as complicações na construção do convento, a dificuldade do povo e ainda alguma da exuberância da corte portuguesa. 

Com uma escrita épica e totalmente fora do comum, tornando a leitura mais fluída, Saramago traz-nos com este livro uma crítica à sociedade portuguesa do séc. XVIII, fazendo com que o leitor reflicta e que tome consciência que muitos factos que são referidos no livro ainda acontecem em pleno século XXI. Admito que nos primeiros capítulos, costumou-me habituar àquela maneira incomum de escrever mas quando entrei no ritmo comecei a sentir a ironia, o sarcasmo e os vários tipos de humor.

Um livro clássico inspirado em acontecimentos verídicos mas que se centra nas pessoas que construíram o conventos, aqueles que puseram a sua vida em causa para ver aquele monumento erguer-se, acaba por ser uma forma de honrar aqueles que fizeram hoje possível ir a Mafra e poder-nos deliciar com aquele palácio! 

Eu gostei bastante da história, de toda a sua complexidade, mas sinto que havia partes que eram desnecessárias e esperava mais do final. O leitor fica com dezenas de perguntas por responder e eu só pensava - Não pode acabar assim! - mas acabou. Fiquei com aquele gosto de quero mais e mais!

É um livro que demora a ler, devido à vastidão de conteúdos mas um livro que vale a pena ler, que nos faz reflectir sobre os nossos sonhos, as nossas vontades, aquilo que lutamos pela vida e sobre as relações interpessoais e tudo o que elas trazem desde dor, amor, amizade, mágoa, uma amplidão de sentimentos! Irei ler mais deste autor, o próximo será "As intermitências da Morte".


Aquisições Abril [2]

Este mês tem sido cheio de surpresas :)
Recebi estes dois exemplares pela SDE (muito obrigado!). Fiquei completamente animada quando vi "O Êxtase de Gabriel" nas minhas mãos!



Depois, através das trocas de livros recebi "O Sobrinho Mágico", aumentando assim a minha coleção da saga "Crónicas de Nárnia" e ainda a Trilogia da Herança da Nora Roberts! Vou começar hoje a ler o 1º volume.

Novo Romance: "Do Céu, com Amor" de Michelle Holman

Do Céu, Com Amor

Autora: Michelle Holman
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 408
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789897260537

Nas livrarias a partir do dia 23 de Abril


Sinopse: 

Depois de uma colisão frontal entre um elegante carro desportivo e um utilitário, um anjo bondoso faz uma troca na sala de espera do Céu. Uma professora baixinha, temperamental e amante de râguebi recebe uma segunda oportunidade e encontra-se no corpo de uma americana alta, deslumbrante e promíscua. Tem um marido rico e lindo de morrer que parece ter acabado de sair de um romance -, mas por uma razão qualquer, não suporta sequer olhar para ela. Ela pensa que enlouqueceu, e se contar a alguém as pessoas saberão que isso é verdade... e irão interná-la. E ela não pode fugir e esconder-se: tem uma perna partida.

Sobre a autora:
Michelle Holman vive em Cambridge, na Nova Zelândia. Os seus livros são bestsellers internacionais e os direitos de Do Céu, com Amor, o seu primeiro romance, foram vendidos para cinema.

Novo livro da Porto Editora: O Anjo da Guarda

O Anjo da Guarda

Autor: Robert Muchamore
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 336
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04256-9
Idioma: Português

Disponível a parti de de 29 de Abril

Sinopse
Ryan já salvou a vida de Ethan mais do que uma vez. Ethan chama-lhe o seu anjo da guarda.
Mas Ryan trabalha para a CHERUB, uma organização secreta com uma vantagem essencial: nem os criminosos mais experientes suspeitam que crianças os possam vigiar.
A família de Ethan gere um império milionário no mundo do crime, e a missão de Ryan é destruí-lo.
Será Ryan capaz de completar a missão dele sem destruir o seu amigo Ethan?

LER AS PRIMEIRAS PÁGINAS - CLIQUE AQUI

Sobre o autor:
Robert Muchamore nasceu a 26 de dezembro de 1972, em Islington, Inglaterra. Trabalhou durante treze anos como detetive privado, mas abandonou a profissão para se dedicar à escrita a tempo inteiro. Costuma levar quatro a cinco meses a escrever um livro, sendo que dedica o primeiro à pesquisa e o segundo à planificação da história. Só depois escreve. Segundo o próprio, tentar escrever aquilo que gostaria de ter lido aos 13 anos de idade foi a principal razão para a criação da coleção CHERUB.

terça-feira, 16 de abril de 2013

Rubrica: Dia da Poesia [2]


E está de volta mais um Dia da Poesia! Desta vez temos William Shakespeare, com os seus poemas cheios de amor e paixão, e visto que sou uma romântica incurável não consegui resistir!

A Minha Ausência de Ti
Foi tal e qual o inverno a minha ausência
de ti, prazer dum ano fugitivo:
dias nocturnos, gelos, inclemência;
que nudez de dezembro o frio vivo.
E esse tempo de exílio era o do verão;
era a excessiva gravidez do outono
com a volúpia de maio em cada grão:
um seio viúvo, sem senhor nem dono.
Essa posteridade em seu esplendor
uma esperança de órfãos me parecia:
contigo ausente, o verão teu servidor
emudeceu as aves todo o dia.
Ou tanto as deprimiu, que a folha arfava
e no temor do inverno desmaiava. 

A Minha Ausência de Ti
Foi tal e qual o inverno a minha ausência
de ti, prazer dum ano fugitivo:
dias nocturnos, gelos, inclemência;
que nudez de dezembro o frio vivo.
E esse tempo de exílio era o do verão;
era a excessiva gravidez do outono
com a volúpia de maio em cada grão:
um seio viúvo, sem senhor nem dono.
Essa posteridade em seu esplendor
uma esperança de órfãos me parecia:
contigo ausente, o verão teu servidor
emudeceu as aves todo o dia.
Ou tanto as deprimiu, que a folha arfava
e no temor do inverno desmaiava. 

Amar quem Está tão Próximo da Morte
Esta estação do ano podes vê-la
em mim: folhas caindo ou já caídas;
ramos que o frémito do frio gela;
árvore em ruína, aves despedidas.
E podes ver em mim, crepuscular,
o dia que se extingue sobre o poente,
com a noite sem astros a anunciar
o repouso da morte, gradualmente.
Ou podes ver o lume extraordinário,
morrendo do que vive: a claridade,
deitado sobre o leito mortuário
que é a cinza da sua mocidade.
Eis o que torna o teu amor mais forte:
amar quem está tão próximo da morte.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Selo - Desafio Arco-íris: Cores do Romance!

Bem, fui roubar este selo à Catarina das Páginas Encadernadas, ela disse que quem quisesse para levar, eu fiz-lhe a vontade xD

As REGRAS são muito simples:
1. Referir quem vos deu o selo: Páginas Encadernadas 
2. Postar uma foto de uma pilha com as cores do arco-íris.
3. Passar o selo a 10 blogs super-hiper-mega coloridos!


SK - Amante de Sonho
Luc Besson - Artur e a guerra dos dois mundos
Linda Howard - Nunca te Perdi
Heike Hohlbein, Wolfgang Hohlbein- Genésis, volume 2
Suzaanne Collins - A revolta
Inês Botelho - A Senhora da Noite e das Brumas
Christine Feehan - Crepúsculo de Natal

Vou passar a quem quiser :) 
Esteja à vontade para levar e não seja tímido! 

Novidades da Oficina do Livro

TAMBÉM HÁ FINAIS FELIZES, de Fernanda Serrano 

Nas Livrarias a 15 Abril
Preço: 15,10€
Sinopse:
Um diagnóstico terrível. Uma gravidez inesperada. E uma decisão corajosa

No dia do nascimento da sua segunda criança, por mero acaso, Fernanda Serrano tocou no peito e sentiu um caroço. O obstetra garantiu que não era nada. Mas era um cancro, como mais tarde se concluiu – e muito agressivo.  Quando soube da notícia, o sorriso mais bonito de Portugal desvaneceu-se. Mas nem o medo da morte o fizeram desaparecer. 

Depois de muita luta, a actriz conseguiu ultrapassar a doença, voltar à normalidade e preparar o regresso aos palcos e à televisão. Sentia-se a renascer.  Contada pela primeira vez, esta é a história da fase mais tenebrosa na vida da actriz portuguesa. Uma história de dor e angústia, coragem e resiliência – com um final feliz. 

OS ÚLTIMOS PRESOS DO ESTADO NOVO, de Joana Pereira Bastos

Nas Livrarias a 20 Abril
Preço: 15,90€
Sinopse:
Depois de uma curta «Primavera Marcelista», o País assistiu a uma escalada da violência contra todos os portugueses que enfrentavam a ditadura. Entre 1973 e 1974, mais de 500 pessoas, pertencentes a vários movimentos políticos e oriundas de diferentes classes sociais, foram presas e violentados pela PIDE. 

No forte de Caxias, muitas eram sujeitas às mais sofisticadas e brutais formas de tortura, ensinadas através de um manual entregue pela CIA à polícia política portuguesa, enquanto lá fora se preparava a revolução de 25 de Abril. 

Sofrendo até ao fim, os últimos presos políticos do Estado Novo só conheceram a liberdade na madrugada de 27 de Abril de 1974 – dois dias depois da revolução que pôs termo a 48 anos de ditadura.



O FIM DA INOCÊNCIA II, de Francisco Salgueiro 

Nas livrarias a 2 de Maio
Preço: 15,90€
Sinopse:
Com boas notas, e a estudar num dos melhores colégios de Lisboa, Gonçalo é o filho que todos os pais gostariam de ter. 

Desde cedo, ele e o grupo de amigos são bombardeados com imagens sexuais em filmes, séries, videoclips, anúncios e celebridades levando a uma erotização precoce. A ausência de educação sexual por parte dos pais e colégio leva-os a investigar o extenso mundo da pornografia na internet. 

Em simultâneo, a sua impreparação para lidarem com as redes sociais leva-os a serem participantes e vítimas na busca vertiginosa de likes para ultrapassarem a mítica marca dos 1000 amigos. Eles apenas pensam nos desafios e nunca nas consequências. As drogas legais, o sexting, a masturbação online com estranhos, serem paparazzi da vida uns dos outros e a prostituição com mulheres mais velhas fazem parte do seu estilo de vida, onde o futuro não existe, apenas o logo à noite.

Depois do best-seller que abalou a sociedade portuguesa, Francisco Salgueiro regressa com uma nova história sobre os adolescentes portugueses do século 21.

Mais duas novidades da SDE!

A Águia e os Lobos 
Livro de Bolso
Autor: Simon Scarrow
Chancela: Saida de Emergência
Data 1ª Edição: 26/04/2013
ISBN: 9789896375164
Nº de Páginas: 544
Dimensões: [110x170]mm
Encadernação: Capa Mole

Sinopse:
Scarrow arrasta os leitores para o passado como se as batalhas tivessem lugar hoje em dia. 

Estamos no ano 44 d.C. e a Segunda Legião de Roma continua a sua campanha para conquistar a Britânia. É então que Macro e o jovem Cato são enviados para auxiliarem Verica, líder dos Atrebates, a formar um exército. Terão que treinar os nativos para que protejam o seu chefe, reforcem o seu poder e ponham cobro às sucessivas investidas dos inimigos.

Mas apesar dos Atrebates serem aliados, muitos são os que odeiam as legiões e querem resistir aos invasores romanos. Cedo Macro e Cato se apercebem que primeiro terão que conquistar a lealdade dos nativos e só depois atacar o inimigo. Mas conseguirão sobreviver a uma conspiração que pretende matá-los a eles e a todos os que servem as águias?

No meio desta situação explosiva, Macro e Cato enfrentam o maior desafio das suas carreiras. E a sua história será de aventura militar, intriga política e heroísmo, pois só eles estão entre o destino de Roma... e a queda do império.

LER AS PRIMEIRAS PÁGINAS - CLIQUE AQUI


Assassin´s Creed - Renegado

Autor: Oliver Bowden
Chancela: Saida de Emergência
Coleção: BANG
Saga/Série: Série Assassin´s Creed Nº: 5
Data 1ª Edição: 26/04/2013
ISBN: 9789896375171
Nº de Páginas: 320
Dimensões: [160x230]mm
Encadernação: Capa Mole

Sinopse:
Sou um mestre espadachim. Sou especialista no ofício da morte. Não tenho qualquer prazer na minha arte. Simplesmente, sou bom no que faço. 

1735 — Londres. Haytham Kenway aprendeu a usar uma espada desde que conseguia segurar nela. Quando a casa da sua família foi atacada — o seu pai assassinado e a sua irmã raptada por homens armados —, Haytham defende-a da única forma que conhece: matando. 

Sem família, é protegido por um tutor misterioso que o treina de modo a fazer dele um assassino letal. Consumido pela sua sede de vingança, Haytham embarca numa demanda por retaliação, confiando em ninguém e questionando tudo o que lhe é mais próximo.



Já à venda o novo livro de James Patterson!

No dia 4 de Abril chegou às livrarias o novo livro de James Patterson, o primeiro da série bestseller: Private: Agência Internacional de Investigação

Sinopse:
«Jack Morgan, antigo fuzileiro naval e agente da CIA, herdou do seu pai a Private, uma reputada agência internacional de investigação e segurança e, com ela uma carga de trabalhos que pode levá-lo ao ponto de rutura. 
Os segredos dos homens e mulheres mais poderosos chegam diariamente a Jack e aos seus agentes, que usam técnicas forenses de ponta para resolver os seus casos. Como se não lhe bastasse ter de apurar a verdade sobre um escândalo de jogo ilegal na liga de futebol americano e tentar resolver um inquérito criminal sobre as mortes selváticas de 18 raparigas, Jack ainda vai ter de desvendar o tenebroso assassínio da mulher do seu melhor amigo — e sua antiga amante.» 


Imprensa:

«Um excelente policial, de leitura compulsiva e com uma narrativa de ritmo estonteante» - Daily Mail 
« O prolífico Patterson continua imparável» - USA Today 
«James Patterson sabe como criar suspense e emoção, numa prosa limpa e consistente» - People

terça-feira, 9 de abril de 2013

Novidades da Porta Editora

O Mistério do Lago

Autor: Arnaldur Indridason
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 320
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04545-4
Idioma: Português
Nas Livrarias a 15 de Abril

Sinopse
Um lago que se esvazia, um mistério que se adensa.

O nível das águas do lago Kleifarvatn tem vindo a descer lentamente na sequência de um terramoto.
Uma hidróloga local está a estudar o estranho fenómeno quando descobre uma ossada humana com um buraco no crânio e, ao lado, um velho aparelho de rádio com inscrições em cirílico quase ilegíveis. A Polícia é enviada ao local e o inspetor Erlendur e a sua equipa ficam a cargo da investigação, que os levará a pesquisar desaparecimentos ocorridos na Islândia na década de sessenta. As pesquisas conduzem-nos inevitavelmente às embaixadas do ex-bloco soviético e a antigos estudantes islandeses das juventudes socialistas, bolsistas na Alemanha de Leste em plena Guerra Fria.

Um romance carregado de mistério que confirma Arnaldur Indri-ason como um dos grandes nomes do policial nórdico.



Como é Linda a Puta da Vida

Autor: Miguel Esteves Cardoso
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 248
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04601-7
Idioma: Português
Nas livrarias no dia 22 de Abril

Sinopse
«O que espanta num gato é a maneira como combina a neurose, a desconfiança e o medo - para não falar numa ausência total de sentido de humor - com o talento para procurar e apreciar o conforto e, sobretudo, a capacidade para dormir 20 em cada 24 horas, sem a ajuda de benzodiazepinas.
O gato é neurótico mas brinca. (...) Mas, acima de tudo, descobriu o sistema binário da existência.
Que é: dormir faz fome. Comer faz sono. Acordo porque tenho fome.
Adormeço porque comi. Nos intervalos, faço as necessidades.»

Novidades da Bertrand Editora



Cuidar de Frankie

Autor: Maeve Binchy
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 400
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722525978
Nas livrarias no dia 12 de Abril

Sinopse
Cuidar de Frankie é uma história sobre famílias pouco convencionais, relações que não são bem o que parecem, e a criança no centro da vida de toda a gente...
Quando Noel descobre que a sua antiga paixão, agora terminalmente doente, está grávida com um filho seu, concorda com relutância em criar a menina. Com a ajuda de uma carinhosa rede de amigos, familiares e vizinhos - incluindo Lisa, apaixonadíssima por ele, e emily, a sua prima americana - Noel adapta-se às suas novas responsabilidades.
Mas, quando uma assistente social resolve meter-se no assunto, ameaça destruir aquela estrutura pouco convencional, mas tão especial. Caberá a Noel convencê-la de que toda a gente da vizinhança tem alguma coisa importante a oferecer a Frankie…


Linhagem Sangrenta

Série Força Sigma
Autor: James Rollins
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 456
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722525763
Nas livrarias no dia 12 de Abril

Sinopse:
Galileia, 1025. Um cavaleiro templário infiltra-se numa cidadela antiga e descobre um tesouro sagrado há muito escondido no labirinto do forte: o Bachal Isu, um ícone de valor incalculável que contém um poder misterioso e aterrador que promete mudar a humanidade para sempre. 
Um milénio mais tarde, piratas somális atacam um iate no Corno de África e raptam uma jovem americana grávida. O comandante Gray Pierce é nomeado para a missão de salvamento na selva africana. A mulher em questão não é uma turista abastada: é Amanda Gant-Bennett, filha do presidente norte-americano.
Com a suspeita de que o rapto é uma máscara para uma intriga bem mais nefasta, Gray vê-se obrigado a confrontar uma sinistra cabala que tem manipulado os acontecimentos ao logo da história… e agora desafia o atual presidente. Para esta missão única, a SIGMA é auxiliada por um par de agentes especiais com talentos peculiares: o capitão Tucker Wayne, antigo Ranger do Exército, e o seu cão de guerra, Kane. Mas aquilo que deveria ser um simples resgate transforma-se numa feroz emboscada e num ato fatal de traição, quando Gray e a sua equipa descobrem que a refém não passa de um peão num devastador ato de terrorismo com repercussões terríveis. E isto é apenas o início do perigo… Num outro ponto do globo, o rebentamento de uma bomba numa clínica de fertilização na Carolina do Sul expõe uma conspiração que remonta há séculos… um esquema encerrado no nosso código genético. Contra o tempo, a força SIGMA tem de se apressar a salvar um bebé inocente e ainda por nascer, cuja própria existência levanta questões acerca da natureza do humano: será possível viver para sempre? E, se fosse, você viveria?

Os Abutres do Vaticano

Autor: Eric Frattini
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 296
Editor: Bertrand Editora

ISBN: 9789722525985

Sinopse:
A 19 de abril de 2005, o cardeal Ratzinger foi eleito Papa. Mal sabia ele que, como os seus antecessores, iria encontrar um osso duro de roer: o IOR (Instituto para as Obras Religiosas) ou o Banco do Vaticano. Os Abutres do Vaticano revela uma história de mordomos traidores, filtragem de documentos, comissões secretas de espionagem, serviços de espionagem e contraespionagem do Vaticano, prelados que denunciam a corrupção e são imediatamente afastados de São Pedro, lavagem de dinheiro, altos membros da máfia siciliana, um plano para assassinar o Papa, uma adolescente desaparecida e supostamente usada como escrava sexual, uma guerra entre jornalistas e diretores da imprensa católica, um presidente do IOR com medo de ser morto. E, no Estado do Vaticano, a realidade é sempre mais estranha que a ficção.

Nova Rubrica: Dia da Poesia

Bem, porque a leitura não é apenas prosa vou começar a dedicar um dia por semana à poesia. Todas as terça-feiras irei colocar um poema ou dois que goste de autores conhecidos. Para a primeira rubrica escolhi o poema "Vozes do Mar" de Florbela Espanca. 

Quando o sol vai caindo sobre as águas
Num nervoso delíquio d’oiro intenso,
Donde vem essa voz cheia de mágoas
Com que falas à terra, ó mar imenso?…

Tu falas de festins, e cavalgadas
De cavaleiros errantes ao luar?
Falas de caravelas encantadas
Que dormem em teu seio a soluçar?

Tens cantos d’epopeias?Tens anseios
D’amarguras? Tu tens também receios,
Ó mar cheio de esperança e majestade?!
Donde vem essa voz,ó mar amigo?…

… Talvez a voz do Portugal antigo,
Chamando por Camões numa saudade!



segunda-feira, 8 de abril de 2013

Crítica Literária - Beautiful Bastard de Christina Lauren

Inteligente, trabalhadora e no seu caminho para um MBA, Chloe Mills tem apenas um problema: o seu chefe, Bennett Ryan. Ele é exigente,imprudente e completamente irresistível. Bennett voltou da França para Chicago para assumir um papel vital no negócio da sua família. Ele nunca esperava que a sua assistente fosse linda, inocentemente provocativa e uma criatura completamente irritante que ele agora tem que ver todos os dias. Apesar dos rumores, ele nunca foi de se envolver com ninguém do seu local de trabalho. Mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar as regras ou quebrá-las completamente, se isso significa poder tê-la. Com a atração um pelo outro cada vez mais evidente, Bennett e Chloe devem decidir exatamente o que eles estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.

Este livro centra-se essencialmente na relação de Chloe e do seu chefe Bennet. Ao trabalharam já à 9 meses, a relação deles nunca foi pacífica, ambos se irritam um com o outro muito facilmente e pode-se dizer que enquanto profissionalmente a relação deles resulta, pessoalmente é um desastre. Ambos são teimosos, imprudentes, havendo um choque de personalidades. Para acrescentar a isto tudo ainda há a inevitável atração entre dois. Chloe admite que Bennet é o homem mais lindo e sedutor que ela alguma vez conheceu  mas o seu temperamento arruína com tudo. Mas tudo muda quando se entregam à paixão durante uma noite. E a relação deles nunca será a mesma...

A protagonista feminina surpreendeu-me pela positiva, estava à espera de mais uma ingénua, mas não, a rapariga tem garras, arranha e morde! Eles discutem, insultam-se, acaba por ser uma relação amor-ódio. Chloe e Bennet discutem e partem para o sexo... voltam a discutir e acontece tudo de novo. Quase como um ciclo viciante. E sempre que eles se envolvem isto sai da boca deles: Não vai voltar acontecer! Mas é capaz de acontecer logo a seguir. 

O livro é setenta por cento sexo, mas os trinta por cento restantes tem uma história divertida e agradável. A autora usa e abusa de certos clichês, tais como o rapaz que tenta ignorar os seus sentimentos ao máximo e age como um idiota, a rapariga que tenta suprimir o desejo mas não consegue.

Claro que há vários pontos positivos do livro, um deles é que a história é escrita na primeira pessoa mas com a perspectiva dos dois protagonista, intercaladas. Outro aspecto é facto de Chloe não cair logo de amores pelo chefe, ela só se esqueceu de avisar o seu corpo sobre esse pequenino pormenor! Pelo que sei vai haver continuação, mas algo me diz que não vai correr bem porque pela forma como acabou o livro e até mesmo a história em si, acho que não tem matéria suficiente para uma continuação, mas veremos o que acontece.


Nova Rubrica: Rabiscos


Vamos abrir um novo espaço aqui no blog! Tal como o nome "Rabiscos de uma Leitora" eu quero conhecer os vossos Rabiscos. Que significa isto? Tens algum texto, poema, história ou conto guardado por aí algures e queres mostrar o teu talento na escrita? Tens aqui essa possibilidade e não a deves perder.

Como é que isto funciona? Simples! Envias o texto para o email: rabiscosdeumaleitora@outlook.com, com o vosso nome e se quiserem podem acrescentar imagens para ilustrar o vosso texto. Cada pessoa pode participar as vezes que quiser.

Toca a dar asas à criatividade! 

Novidade da Editora SDE - Gelo Ardente

Gelo Ardente
Autor: Clive Cussler
Chancela: Saida de Emergência
Data 1ª Edição: 12/04/2013
ISBN: 9789896375010
Nº de Páginas: 528
Dimensões: [110x170]mm
Encadernação: Livro de Bolso

Sinopse:
Esta é mais uma aventura da NUMA, onde não faltará ação, mistério, romance e aventura 

As forças armadas russas estão à venda. O povo está cansado da corrupção governativa e do crime organizado. O sentimento nacionalista e o antagonismo para com os Estados Unidos e a Europa bateram todos os recordes. A Rússia é um barril de pólvora que pode explodir a qualquer momento. 

Razov é um magnata com um império na navegação e nas minas que se dedicou à ressurreição da Mãe Rússia. Ele subscreve os ideais cossacos de masculinidade e força bruta, e a sua audácia conquistou a lealdade de muitos russos cansados do capitalismo e da liberdade e que anseiam por um nacionalismo capaz de restaurar as glórias da Rússia. Alegando ser um descendente da linhagem Romanov, Razov revela-se um homem paranóico e acredita que o resto do mundo o quer destruir. Entretanto, na costa do Mar Negro, Kurt Austin salva da morte uma bela reporter

chamada Kaela e toda a sua equipa de filmagens. Nesse momento, Austin é informado de que um submarino nuclear poderá ter caído nas mãos erradas. Poderá a loucura de Razov levá-lo a usar este arsenal para provocar um desastre global? Até que ponto está terminada a Guerra Fria?

LER AS PRIMEIRAS PÁGINAS - CLIQUE AQUI

Sobre o autor:Clive Cussler cresceu em Alhambra, California. Por dois anos estudou no Pasadena City College e depois alistou-se na força aérea durante a Guerra da Coreia, onde cumpriu serviço como mecânico, engenheiro e técnico de vôo.No regresso tornou-se director criativo em duas agências de publicidade multinacionais, onde ganhou vários prémios, um deles atribuído pelo prestigiado Cannes Film Festival.Cussler escreve desde 1965 e entre o seu trabalho encontramos 2 livros de não ficção que lhe valeram um Doctor of Letters Degree em maio de 1997. Tal graduação não era atribuída desde 1874.Cussler é o fundador da NUMA (National Underwater & Marine Agency) uma organização não-lucrativa que se dedica à investigação da história marítima e naval. Cussler e os seus peritos da NUMA descobriram mais de 60 navios afundados, oferecendo o fruto do seu trabalho a universidades e governos um pouco por todo o mundo. Foi honrado com vários prémios de clubes de exploradores americanos e até ingleses pelo seu trabalho de exploração sub-aquática.Hoje divide o seu tempo entre as montanhas do Colorado e os desertos do Arizona.Saiba os seus hobbies e o que descobriu em:www.numa.net

Vencedores do passatempo "A Mão de Rasputine"

E já se sabe quem foram os sorteados para ganhar um exemplar do livro "A Mão de Rasputine". Mais uma vez agradeço o apoio da Editora Saída de Emergência. Houve 76 participações consideradas válidas! E os felizardos foram:
26 - Maria José Quintas
65 - Vitor Manuel da Silva Rosário

Parabéns! Terão um email na fossa caixa de de correio para nos fornecerem os dados para o envio de livros. Fiquem à espera do próximo passatempo e obrigada pelas participações! Continuem a tentar que o próximo vencedor pode ser tu!

domingo, 7 de abril de 2013

Vencedor do passatempo "A Espada do Samurai"


E já está sorteado o vencedor do passatempo "A Espada do Samurai"! Com 64 participações válidas, uma delas irá receber um livro + marcador. E o vencedor é:

62 - Francisco José Ramos Rodrigues


Parabéns! Terás um email na tua caixa de de correio para nos fornecere os dados para o envio de livros. Fiquem à espera do próximo passatempo e obrigada pelas participações! Continuem a tentar que o próximo vencedor pode ser tu!

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Encontro com a escritora Ana Macedo

Hoje tive o prazer de conhecer pessoalmente a escritora Ana Macedo, autora de "Sem Pecados na Culpa" e "Lágrimas Coloridas". Bastante descontraída, divertida e simpática, conquistou todos que estavam presentes. A conversa com o auditório variou bastante, desde os livros que ela publicou, a forma como a autora escreve, a sua paixão pela dança, entre outros. Acabámos por descobrir que esta escritora é multifacetada: escreve, compõe músicas para uma banda, dança, tirou um curso na área de saúde. Sem dúvida, uma jovem com grande talento. 

Houve um apelo para aqueles que não gostavam de ler, para não desistirem e continuarem à procura daquele livro especial. A escritora ainda aconselhou que quem goste de escrever que nunca desista e que seja persistente. Falou-se ainda do medo, do receio e da vergonha de revelar algo escrito por nós e a escritora acaba por dizer que para se ultrapassar esse medo é necessário mostrar o nosso trabalho e não ter medos das críticas. Acrescenta ainda que é necessário criarmos um filtro, em que as críticas que nos devemos centrar são naquelas que vem das pessoas mais importantes para nós e tudo o resto é secundário.

No final houve uma sessão de autógrafos e trouxe os dois livros assinados com direito a fotografia (apesar de estar desfocada, o meu telemóvel não é o melhor). 

Foi a minha primeira experiência deste tipo mas é simplesmente fantástico conhecer um escritor, puder interagir com ele, colocar todo o tipo de questões que nos aparecem durante a leitura. Uma experiência que pretendo repetir assim que possível.






Aquisições Abril [1]

Voltei ao mundo das trocas de livros, chegando assim dois livrinhos novos a casa! Um deles é o "Sedução" de Bella Andre. Já alguém leu? Gostou? 

O segundo livro é o primeiro volume do Senhor dos Anéis! Agora ainda faltam mais 2 (3 se contar com o Hobbit).

E vocês já fizeram muitas comprinhas neste mês de Abril? 


Vencedor do Passatempo "Contos de Vampiros"




E acabou mais um passatempo!! Obrigada a todos que participam e que tentam a sua sorte, já que quem não arrisca não petisca! Para o passatempo "Contos de Vampiros" houve 87 participações! Mas há apenas um vencedor ou vencedora. Não vamos atrasar mais a revelação... E o vencedor é:

26 - Monica João Rato Barradas

Parabéns! Terás um email na tua caixa de de correio para nos fornecere os dados para o envio de livros. Fiquem à espera do próximo passatempo e obrigada pelas participações! Continuem a tentar que o próximo vencedor pode ser tu!


segunda-feira, 1 de abril de 2013

Aquisições Março [3]

Sim, eu sei que já estamos em Abril, mas estas comprinhas foram feitas no sábado :)
Finalmente acabei a saga dos Imortais! 



E depois... Comprei "O inferno de Gabriel"! Não resisti ao vê-lo e tive que o trazer... xD Adorei tanto este livro que tinha que ter cá o exemplar!