segunda-feira, 21 de abril de 2014

[Novidade 5 Sentidos] Feitiço de Sylvia Day

Max Westin: a personificação da sensualidade. Victoria podia até cheirá-la e senti-la assim que ele se aproximava. Tudo nele era brutal e determinado. Uma criatura primitiva, tal como ela. 
Max segurou a mão dela de forma intensa e a sua respiração ofegante e excitante deixou bem clara a sua intenção de a possuir, de a domar. "Victoria." O nome dela, uma só palavra, foi entoado com tamanha possessividade que ela quase sentiu a coleira à volta do pescoço 
“Está na tua natureza”, murmurou ele. “O desejo de seres possuída.” 
Neste jogo do gato e do rato, tudo parece uma ilusão mas a paixão é muito real.

Reacções:

0 Rabiscos:

Enviar um comentário