Crítica Literária - Na Cama com um Highlander

"A escritora é conhecida pelos seus livros eróticos, um já foi publicado em Portugal (Obsessão) e o segundo já vem aí (Submissa), mas este livro apresenta uma atmosférica mais romântica, uma escrita leve com cenas engraçadas, divertidas e por vezes até sensuais. "

Crítica Literária - Pecados Escondidos

"Julianne foi uma personagem que me cativou bastante pelo facto de não ser uma rapariga mimada e cabeça de vento (muito costume na época), mas sim uma jovem bastante humilde e que chega a pensar primeiros nos outros e depois nela própria. "

Crítica Literária - O Beijo Encantado

"Para a época em que o livro se passa, os diálogos têm um q.b de texto moderno, mas que torna o livro apetitoso e rápido. "

Crítica Literária - Inocência perdida

Nora Roberts volta a surpreender-me, voltando a enganar-me. Pensei que pela primeira vez tinha descoberto quem era o vilão da história mas nas últimas páginas houve uma reviravolta que me fez ficar de queixo caído, literalmente!

Crítica literária - Rosa Selvagem

"No início do livro, a autora acaba por desenvolver o tema de diferenças de classes mas acaba por ir diminuindo essas referências, o que acabou por haver um ambiente de "mundo cor-de-rosa" em vez de um mundo realista. "

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Rubrica - Os favoritos do mês [Março]

E vem aí mais um favoritos do Mês! Março, Março, acho que foi um mês pacífico xD

- A música: "Out of my hands" de Milow & Marit Larsen

Andava eu a ver o que tinha no meu antigo telemóvel (fotos, vídeos e músicas) quando me deparo com esta música já algum tempo esquecida. E veio a nostalgia... Há músicas que me fazem recordar certos momentos e esta é uma delas.
Mas esta também foi outra encontrada nos "Perdidos e Achados":


- O livro: "A redenção de Gabriel" de Sylvain Reynard
Este livro já estava na minha prateleira à semanas, senão mesmo à meses... Mas eu pensava: "não o leias por enquanto que não vais fazer mais nada da vida até o acabares". E eu que já me conheço tão bem porque foi mesmo! Não descansei enquanto não cheguei às últimas páginas. Esta saga foi daquelas que me roubou o coração e esta cada vez melhor! Só ainda não percebi se acabou por aqui ou vai haver mais um...
QUE HAJA MAIS UM POR FAVOR!!!



- O filme: Capitão América: o Soldado do Inverno
Desde que vi o Thor que tenho seguido esta saga da Marvel no cinema. Só falhei o Iron Man 3, mas entretanto já o vi.
É um filme cheio de surpresas e para mim, não foi nada previsível. Foram duas horas em que fiquei: Não é possível, não pode ser, é mentira... Etc etc xD
Sim, eu sou a pessoa que quando vai ao cinema e vê um filme que me agarra posso ser muito expressiva. 
Como por exemplo, se forem ao cinema e na parte em que o filme está no seu momento de suspense, onde se faz totalmente silêncio na sala, mas se ouvirem alguém a comer pipocas freneticamente, sim, sou eu! xD


-O acontecimento do mês: Vestir o traje pela 1ªvez

Como disse Março foi um mês pacífico. No entanto, no dia 1 de Março fui comprar o meu traje e, claro, vesti-lo pela primeira vez.
Primeira impressões: a saia fazia comichão, a camisa parece que era um saco de batatas, com a batina e a gravata sentia-me a sufocar... Sinceramente só pensava: Como raios me vou habituar a usar isto? E eu que odeio de me ver de saia. Bem, não havia de ser nada!

quinta-feira, 15 de maio de 2014

[Novidade SDE] O Predador da Noite - Vol. 14 de Sherrilyn Kenyon

Xypher tem apenas um mês na Terra para se redimir através de uma boa ação ou será condenado à tortura no Tártaro para toda a eternidade. Mas a redenção pouco significa para um semideus que apenas deseja vingança contra aqueles que causaram a sua queda. 
Simone Dubois é uma médica-legista com dons psíquicos e capaz de ajudar os mortos a encontrar os seus assassinos. Quando Xypher pede a sua ajuda para abrir um portal para o Inferno e combater demónios, Simone tem a certeza que está perante um louco. 
O futuro da Humanidade encontra-se em risco, mas qual a maior ameaça que Simone enfrenta? Os demónios que vêm em sua perseguição, ou o homem misterioso e sedutor que mudou irremediavelmente a sua vida?

[Novidade Porto Editora] Os Aromas do Amor de Dorothy Koomson

Há 18 meses atrás, Joel, o marido de Saffron, foi assassinado, e o culpado nunca foi descoberto. Agora, fazendo os possíveis para lidar com a perda, Saffron decide terminar Os Aromas do Amor, o livro de receitas que Joel tinha começado a escrever antes da sua trágica morte. Quando, finalmente, tudo parece ter voltado à normalidade, a filha de 14 anos de Saffron faz uma revelação chocante que abala a relação entre ambas. E, ao mesmo tempo, o assassino de Joel começa a enviar cartas afirmando a sua inocência. Será um grande amor capaz de sobreviver à maior das perdas?

[Novidade A esfera dos livros] D. Maria II: A Rainha Insubmissa de Luísa V. de Paiva Boléo

A 4 de Abril de 1819 nascia no Brasil a princesa D. Maria da Glória, filha de D. Pedro de Bragança herdeiro do trono de Portugal e de D. Leopoldina de Áustria. Com apenas 7 anos foi declarada rainha de Portugal, mas somente aos 15 anos conheceu o país que iria governar. Um reino, bem diferente das terras de Vera Cruz, marcado pela Guerra Peninsular a que se seguiu a guerra civil entre D. Pedro e D. Miguel - liberais contra absolutistas. O seu reinado foi marcado por transformações sociais e económicas e por uma forte instabilidade política, com constantes mudanças de ministros, intensa atividade parlamentar contra ou a favor da Carta Constitucional ou desta ou daquela Constituição e constantes revoltas populares que atingiam a figura da própria rainha. A tudo isto, D. Maria, marcada por uma forte personalidade, respondeu com coragem e determinação. Depois de um casamento não consumado com o seu tio D. Miguel, de ter ficado viúva do seu segundo marido, pouco tempo depois do matrimónio, é nos braços de D. Fernando de Saxe-Coburgo-Gotha que encontra a felicidade e a alegria da maternidade. Dos ministros confiou no muito contestado Bernardo da Costa Cabral que acabou por afastar da governação. Os seus momentos mais felizes passa-os na troca de correspondência com a prima e rainha Vitória de Inglaterra, onde lhe descrevia a felicidade da vida de casada e a maternidade e alguns, poucos, problemas políticos do país. A historiadora Luísa V. de Paiva Boléo, autora de D. Maria I, a Rainha Louca, leva-nos ao conturbado século XIX português para ficarmos a conhecer a biografia da primeira rainha constitucional, que, apesar da sua inexperiência, enfrentou as contrariedades políticas, marcando a história do país, nomeadamente ao criar o ensino primário gratuito, ao desenvolver vias de comunicação terrestres e fluviais e fundando a Academia de Belas-Artes e o teatro com o seu nome, em Lisboa. No dia 15 de novembro de 1853, ao dar à luz o seu décimo primeiro filho, faleceu, sem sequer ter tempo de se despedir dos filhos e marido. Para trás deixou uma família e um povo consternados e uma estabilidade política que tinha sabido conquistar a pulso.

[Novidade Lua de Papel] Tatuado em Mim de Samantha Young

Jo quer manter a sua vida secreta, para ela os namorados são apenas adereços. Até ao dia em que conhece Cameron, e o seu mundo é abalado até ao âmago... A vida de Jo não é fácil. O pai abandonou-a há muito, a mãe é alcoólica e é ela quem tem de sustentar a família – e proteger o irmão mais novo, a quem se dedica por inteiro. Apostada em manter o seu mundo secreto, evita envolverse demasiado com os homens com quem se cruza. Tem um namorado atencioso e com uma recheada conta bancária. E julga que não precisa de mais nada... Porém, numa exposição em Londres, Jo conhece Cameron MacCabe, um designer tão arrogante quanto irresistível. Loiro, viril, muito mais novo do que ela, é um aventureiro, que pouco se preocupa com dinheiro ou empregos fixos. E ainda por cima tem os braços todos tatuados – e como ela odeia tatuagens! Mas Cameron vai entrar na vida de Jo, quer ela queira, quer não. Começa a trabalhar no bar onde ela trabalha. E como se não bastasse, mudase para o apartamento mesmo por baixo do dela. A química entre os dois é impossível de reprimir, e Cameron está decidido a quebrar, uma por uma, as barreiras atrás das quais Jo se esconde. Ela tenta resistir-lhe, mas por mais que se esforce em guardar para si uma vida de segredos e mentiras, Cameron não vai desistir...

[Novidade Quinta Essência] Amanhecer ao Luar de Jude Deveraux

Com esta nova trilogia situada na bela povoação de Edilean, na Virgínia, Jude Deveraux conta-nos a história de três jovens mulheres, melhores amigas da faculdade, das suas vidas, dos seus amores e dos sonhos que pretendem realizar. Por sugestão da sua grande amiga Kim, Jecca Layton deixa de lado o mundo da arte de Nova Iorque para passar o verão entregue à sua paixão, a pintura, enquanto desfruta da unida comunidade artística de Edilean. O primo de Kim, Tristan Aldredge — o atraente e dedicado médico da povoação — sente há anos uma profunda atração pela «irmã» universitária da prima, embora até então só a tenha visto uma vez na vida; agora, Jecca sente-se cativada pelos encantos deste homem forte e sensível num verão de prazer sensual. Porém, quando as nuvens negras anunciam o regresso de Jecca à «vida real» e à grande cidade, os amantes devem tomar uma decisão: poderão sobreviver à separação? E qual dos dois sacrificará parte dos seus sonhos para poderem continuar juntos?

[Novidade Quinta Essência] Pecado de Sylvia Day

Numa noite quente de verão, a apenas algumas horas do seu casamento, a discreta Lady Jessica Sheffield testemunhou uma cena da qual nunca irá recuperar. Vê o jovem Alistair Caufield numa cena ferozmente íntima com uma mulher muito mais velha. Chocada, mas estranhamente excitada, ela manteve silêncio sobre o que viu, e caminhou até ao altar como esperado. Mas, ao longo de anos de um casamento sereno e normal, a imagem de Caulfield continuou na sua imaginação, alimentando sonhos muito ilícitos... Alistair fugiu da tentação da debutante recatada com o fogo da paixão nos olhos para as Índias Ocidentais. Enquanto comerciante bemsucedido, tem pouco em comum com o jovem libertino que ela conhecia. Mas quando, sete anos depois, a recém-viúva Jessica sobe a bordo do seu navio para uma viagem até à Jamaica, os sete anos de prazeres negados são mantidos em xeque apenas por algumas camadas de seda… e pela certeza de que renderem-se irá consumir os dois...

[Novidade ASA] Grace do Mónaco de Jeffrey Robinson

"Em 1955, Grace Kelly tinha a América a seus pés. Já ganhara um Óscar, era a atriz preferida do grande mestre Hitchcock e uma estrela de Hollywood. Na Europa, o príncipe Rainier, soberano do Principado do Mónaco, era o solteirão mais cobiçado. Conheceram-se rodeados por uma comitiva e expostos aos flashes das câmaras fotográficas. Pouco sabiam um sobre o outro.O que se seguiu foi um dos romances mais badalados do século XX e um casamento que emocionou o mundo. O nascimento dos filhos - os príncipes Alberto, Carolina e Stéphanie - teve um impacto mediático sem precedentes. O Mónaco transformou-se no destino de sonho de milhões de pessoas. Foram tempos mágicos, nos quais tudo parecia possível. Mas o conto de fadas teria um fim abrupto. No fatídico dia 13 de setembro de 1982, Grace saiu de casa ao volante de um Rover e sofreu um acidente fatal. Nas colinas de Monte Carlo, morreu uma estrela e nasceu uma lenda.Numa iniciativa inédita, o príncipe Rainier e os filhos – o príncipe Alberto e as princesas Carolina e Stéphanie – colaboraram na escrita desta biografia. A história de amor entre Rainier e Grace; os anos rebeldes de Carolina e a morte trágica do seu marido, Stefano Casiraghi; o peso da responsabilidade do príncipe Alberto enquanto futuro monarca e a solidão de Stephanie após o acidente que vitimou a mãe, todos os momentos marcantes da Casa Grimaldi são pela primeira vez revelados pela família. Esta é a sua fascinante história."

[Novidade Planeta] Um Amor ao Luar de Emma Wildes

Quando Lady Elena Morrow de súbito desaparece, a família fica desesperada para a encontrar e para impedir que a história alastre pela sociedade londrina, antes que a sua reputação seja destruída. Infelizmente, pode ser impossível evitar um escândalo. O visconde Andrews, mais conhecido como o Corvo, o libertino mais célebre de Londres, desapareceu no mesmo momento. Benjamin Wallace, Lorde Heathton é pressionado para ajudar a encontrar Lady Elena antes que a associação com o desaparecimento de Andrews lhe ponha fim à inocência - presumindo que a jovem e vulnerável senhora queira ser encontrada…

Rubrica - Os favoritos do mês [Fevereiro]

Desde que começou o segundo semestre não tenho tido muito tempo livre! As leituras estão escassas, só leio livros da Harlequin que é para desanuviar o cérebro de vez em quando senão dou em doida!
É só trabalhos, cadernos laboratoriais, relatórios e ainda tenho que arranjar tempo para estudar para os exames e ter uma vida social!

- A música: Paulo Gonzo: "Quem De Nós Dois" feat Ana Carolina


Música linda... Admito que não sou muito fã de Paulo Gonzo mas ele conquistou-me com esta música! Apesar da música original ser da Ana Carolina senão me engano, but whatever, as duas vozes juntas fica ótimo!

-O livro: "A Loja dos Suicídios" de Jean Teulé
Bem, nunca li nada igual! É capaz de ser o livro mais absurdo e genial que eu já li! Apresenta uma crítica social de uma maneira tão criatividade que até ficamos de olhos esbugalhados!
Soube que há um filme esperado, apesar de já me terem avisado que há diferenças significativas entre o livro e o filme, mas ainda não o vi por isso não vou dar a minha opinião. 





- O filme: RoboCop 
Visto no cinema. Nunca vi nenhum RoboCop, por isso não ia com nenhuma expectativa para este filme. Um bocado arrastada, por assim dizer, pelo namorado para ir ver este filme, assim numa atitude de: Ah não é bem o meu género de filme, mas vou fazer o esforço. E o que é que eu aprendi? Afinal é o meu género de filme! Desde que comecei a caminhar por novos tipos de filmes, alargando mais o meu horizonte que descobri que afinal gosto de filmes que nunca me iriam passar pela cabeça xD
Sempre a aprender!



- O acontecimento do mês: Dia dos Namorados!
Para além de ser um dia especial só por si, o Dia dos Namorados é ainda mais especial para mim porque é em Fevereiro, mais concretamente um dia antes do 14 de Fevereiro, que eu e o meu namorado acrescentamos mais meio ano à nossa relação. E lá fomos, jantar fora e ter uma noite romântica. Confesso que sou uma romântica incurável mas qualquer pequeno gesto me faz derreter o coração. Parabéns a nós dois!