quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Critica Literária - "Inferno" de Dan Brown

"«Procura e encontrarás.» É com o eco destas palavras na cabeça que Robert Langdon, o reputado simbologista de Harvard, acorda numa cama de hospital sem se conseguir lembrar de onde está ou de como ali chegou. Também não sabe explicar a origem de certo objeto macabro encontrado escondido entre os seus pertences. Uma ameaça contra a sua vida irá lançar Langdon e uma jovem médica, Sienna Brooks, numa corrida alucinante pela cidade de Florença. A única coisa que os pode salvar das garras dos desconhecidos que os perseguem é o conhecimento que Langdon tem das passagens ocultas e dos segredos antigos que se escondem por detrás das fachadas históricas. 

Tendo como guia apenas alguns versos do Inferno, a obra-prima de Dante, épica e negra, veem-se obrigados a decifrar uma sequência de códigos encerrados em alguns dos artefactos mais célebres da Renascença - esculturas, quadros, edifícios -, de modo a encontrarem a solução de um enigma que pode, ou não, ajudá-los a salvar o mundo de uma ameaça terrível… Passado num cenário extraordinário, inspirado por um dos mais funestos clássicos da literatura, Inferno é o romance mais emocionante e provocador que Dan Brown já escreveu, uma corrida contra o tempo de cortar a respiração, que vai prender o leitor desde a primeira página até fechar o livro no final."

Quando comecei a ler este livro, tive amigos que disseram: Adorei! E outros: Está horrível, não tem nada haver com Dan Brown e com os seus livros anteriores. Deste autor, eu já “O Código de Da Vinci” e os “Anjos e Demónios”, sendo o primeiro livro algo que nunca me irei esquecer. Li-o quando tinha 14 anos e estava a começar a explorar o mundo dos livros e lembro-me perfeitamente de o ir requisitar à biblioteca da escola e nunca mais o largar enquanto não o li de uma ponta à outra! 

Assim como as histórias anteriores do autor, o livro inteiro é sobre 24 horas de mistério/thriller. Robert Langdon acorda num hospital sem se lembrar do que lhe aconteceu e porque é que tem alguém que o quer matar, começando-se a aprofundar em algo que o vai levar a mais uma grande aventura. 

Quanto ao Inferno, gostei do livro. Li alguns capítulos antes de ir ver o filme e acabei-o depois, ficando bastante surpreendida com as diferenças apresentadas! Achei o livro um pouco diferente do habitual do senhor Brown, mas gostei. Continuamos a ter uma bela lição de história e ganhei um carinho especial pelo livro por causa de grande parte se passar na Itália e referir a história de Dante, dois temas que adoro. 

Gostei da emoção e de toda aventura que já nos habituamos de Langdon. Este senhor não tem uma vida calma e anda sempre enfiado em mistérios e confusões! 

Como estudante na área da saúde e ciências da vida, adorei o tema que é falado no livro (não vou dizer qual é porque senão é spoiler para quem não leu e pode querer ler) e permitiu-me refletir sobre mais no assunto e num problema que um dia, mais cedo ou mais tarde, vamos acabar por enfrentar. É uma viagem perigosa com um final surpreendente!


Reacções:

0 Rabiscos:

Enviar um comentário